Pages

12 de março de 2008

Desobediência


Essa é a nova palavra chave da vida do Fe, ele não me obedece acha que manda em mim, grita meu nome e não é mão não é Pam mesmo assim "PAM", fico tão brava mais quando olho na carinha dele até dou risada, mais passa logo que ele apronta outra, eu fico mais fudida ainda quando alguém passa a mão na cabeça dele como se ele fosse um coitadinho e ele não é, ele é inteligente o suficiente para saber que não pode e pronto, mais se ele ve que alguém que defende está por perto ai já era, se estamos só nós dois pronto o choro acaba, e a vida continua. Não sei como vai ser daqui para frente eu sei que vai ser dificil, e muito por que as pessoas querem ajudar mais acabam ferrando mais ainda. Hj organizei o livro da Helena com os ultimos exames e tal, tenho que me concentrar mais nas coisas dos meus filhos e tentar maquinar uma forma de conseguir o que eu quero que é uma casa, já disse que pode ser de dois comodos mais o Ken se recusa a sair daqui para viver em dois comodos, não quero mais morar com ninguém quero ter a minha família a minha casa. hummmmmmmmmmm enquanto isso vou sonhando com as cores das paredes e blablablabla. È por isso que eu odeio o projeto Vila de joy, eu acho que é uma perda de tempo do caramba gastar o pouco que não temos para construir uma coisa em conjunto com um monte de pessoas que me desculpem mais não são as mais sensatas, e para que? vc vai mora lá? eu não vou, me desculpe mais eu não acredito nesse projeto, ele pode até dar certo e eu cair do cavalo mais até isso se concretizar estamos aqui, no mesmo lugar de sempre. bjs

3 comentários:

thais disse...

ué, mas e ap de vcs? não estavam construindo????

flores na janela disse...

sim mais até ai demora mais um tempo para ficar pronto
só ano que vem mais vem cru e temos que montar tudo então mais dois anos

menina dos cabelos amarelos disse...

flor, você me desculpa, mas acho que essa sua percepção sobre o Villagio de Joey tá suuuuper errada. e não digo sobre a participação de vocês no projeto, porque isso é uma decisão de vocês, mas sobre O QUE É o projeto. a princípio ele vai funcionar como uma captação de recursos, ou seja, a galera vai juntando a grana e só daqui há CINCO anos é que vai ser discutido a segunda etapa, que é compra de terreno, quantas casas terá o condomínio e todo o blábláblá. Ninguém sabe se vai dar certo, mas é um sonho de alguns amigos e, posso até estar errada, mas não vejo nenhum deles como insensato ou irresponsável (pelo contrário, uma das coisas que me fez decidir ao menos ouvir o que eles planejavam é a maneira como os garotos estão encarando o projeto e como eles estão pensando em organizar tudo). O fato é que quem quiser ao final deste tempo, ou mesmo antes desses cinco anos, tirar a grana e dar outro rumo pra ela, vai poder fazer isso. A vantagem é que o dinheiro vai render mais que numa poupança e o valor mensal de investimento foi decidido em comum acordo com todo mundo. Claro que R$ 100,00 não são dez centavos, mas acho que às vezes a gente acaba até gastando bem mais que isso, em coisas que muitas vezes não são necessárias, e a gente nem percebe. Então, acho que você tem tooooodo o direito de não acreditar no negócio, principalmente de não querer participar dele por não achar que ele vai ser uma coisa boa pra vocês e lutar pra realmente não levar isso adiante, mas não acho que ele seja uma completa perda de tempo de um bando de irresponsáveis. Eu mesma não sei se chegou ao final dessa idéia, mas ainda que não dê certo, ao menos pra mim as vantagens no caminho vão valer a pena. beijos pra vocês!