Pages

7 de abril de 2008

O meu refugio......

Pois é eu fui procurar ajuda no único lugar onde eu não preciso falar nada.
Ninguém sabe eu acho..... mais eu nasci e cresci em uma família evangélica, .... sim essa doida insana conhece a bíblia muito bem, e todas as suas contradições.
A mais vc é batizada! Sim eu fui batizada na igreja católica aos 2 anos para agradar a família da minha mãe, eu não tinha pecado algum, mais eles achavam que o motivo da minha saúde ser tão frágil era a falta de batismo, eu não concordo mais não falava.
Eu já tive o cabelo na bunda, e usa saias de todos os tipos, eu era a nova geração de pestinhas na igreja, que por acaso tinha se iniciado com o meu tio rsrsrsrsrs.
Eu cantava aprendi a tocar bateria.
Eu tenho amigos que hj são casados com pessoas que cresceram conosco.
Quando eu vim para São Paulo morar com os meus tios e me livrar do pesadelo do fim do meu noivado eles me levaram novamente a igreja.
Eu voltei assim assim ...... , comecei a ter aulas de música novamente e a me relacionar com meus antigo amigos de novo, até o momento que meti com uma pessoa de fora que não prestava, e só eu não queria ver, alías eu via mais fingia não ver, afinal eu sempre gostei do perigo.
Eu me revoltei e sumi de novo.
O Fato de eu ter ido até lá no sabado não quer dizer que eu voltei, não eu não voltei, mais eu precisava do abraço daquelas pessoas, das palavras do pastor, do carinho de ouvir as musicas que eu gosto, de sentir a presença de gente querida demais para ser esquecida.
Um dos meus amigos o Rodriguinho me viu e cantou para mim uma música que eu amo demais, agora não consigo colocar o nome dela aqui, mais uma hora vou colocar, ele sabia que iria me fazer chorar e conseguiu.
Eu fui revelada ( eu acredito) e me senti mais calma depois da oração que o pastor fez para mim, a minha avó me pedia sempre para ir até lá e eu sempre fui contra, eu devia ter ido antes, me senti leve mais calma e eu não precisei abrir a boca para as pessoas entenderem o meu olhar, esse olhar que nem eu consigo ver no espelho...... eu simplesmente fui e fui abraçada com carinho e sem cobrança.
Eu acho que devo ir mais vezes me fez muito bem.
Vou colocar aqui uma musica que eu adoro e que me faz chorar todas as vezes que eu ouço, não precisam ouvir, eu quero deixar ela aqui.

2 comentários:

ana b. disse...

ah, pam...
vc deve ir sempre onde se sente bem!
e daí q é uma igreja? lá tem gente amiga, disposta a te receber, a te acalantar, a te acalmar.
amigo é amigo, não importa de onde!
tenho certeza q foi bom pra vc, q te tranquilizou (um pouco, pelo menos), e oração não faz mal a ninguém! rs
bjs e boa semana!

Tati disse...

Concordo com sua amiga, Pam... Nós precisamos de um santuário, de um lugar que nos faça bem. Pode ser uma igreja, uma casa, um jardim, uma cidade... O importante é o que você sente quando está lá. Se é bom, então está ótimo!!!!