Pages

7 de maio de 2008

Eu não aprendo

Mais uma vez a doida compulsiva e desorientada atacaou.
Para sofrimento do marido que quer me matar.
E ele é que ta certo afinal ele que fica lá ralando o dia todo igual um corno, e eu é que continuo gastando.
Mais não aguentei quando vi aquelas ropinhas lindas, e pensei caram a Helena não tem nada ainda, puta foi o fim, nessa época o Fe tinha mais que tudo, e mais um pouco, eu aprendi que não precisa de exagero, mais que tem que ter.
E não quero que ela fique usando só roupa usada, poxa eu agradeço de coração mesmo porque o dinheiro não cai do céu, mais eu quereo ter o gostinho de comprar alguma coisa e comprei coisinhas lindas e bem básicas, mas mais uma vez decepcionei o marido porque não pedi para gastar, comprei umas roupas para o Fe que coitado as calças dele estão curtas até, e as blusas tb.
Mais quem sabe tomando na cabeça eu não aprenda.... mais uma vez ele brigou, esbravechou, gritou soltou os cães, mais eu sei que ele não ta errado quem ta sou eu, eu tenho mais é que me fuder mesmo para sentir.
,

3 comentários:

menina dos cabelos amarelos disse...

ai, Pam. não tem que se "fuder pra sentir", não é assim que as coisas funcioooooooooonam, flor. DIÁLOGO, nega. conversa, senta, explica, mostra, pede, decide junto. não fica mais fácil vocês chegarem juntos a conclusão de que precisam comprar coisas e quanto seria bacana gastar nessas coisas? não é muuuito mais simples e menos doloroso saber o até onde vai a vontade e onde começa o problema? comprar faz bem, é uma delícia, nós mulheres sabemos disso melhor que eles. agora, gastar o que não se e prejudicar as finanças de todos é um MEGA problema. mesmo. bjo

thais disse...

ai, eu jurei pra mim que não ia mais ler seu blog até a helena nascer de tanto nervoso que eu passo. mas não aguento.
pam, sinceramente? vc e o kendi precisam sentar e conversar. que tal propor uma mesada? aqui em casa, funcionou.

beijo

ana b. disse...

pam, a thais deu uma boa sugestão: "mesada"!
não é pra vc se sentir tolhida, nem nada, mas apenas pra deixar claro na família até onde cada um de vcs pode/deve ir com relação a gastos.
é difícil, eu sei.
aqui em casa tb tem brigas, principalmente se a grana anda curta...
mas procure o caminho da conversa!
e relaxe, eu acho q vc tem condição de amamentar, sim, vá com calma! precisando, a gente ajuda (com palpites!!). mas parta do seguinte princípio: nenhum bebê "descarta" sua mãe, às vezes ele apenas não teve oportunidade de aprender a mamar direitinho...
bjs